sábado, 14 de abril de 2012

CANTIGA PARA NÃO MORRER


Quando você for embora
moça branca como a neve,
me leve.

Se acaso você não possa
me carregar pela mão,
menina branca de neve
me leve no coração.

Se no coração não possa
por acaso me levar
moça de sonho e de neve,
me leve no seu olhar.

E se aí também não possa
por tanta coisa que leve
já viva em seu pensamento,
menina branca de neve,
me leve no esquecimento.

(Os Melhores Poemas de Ferreira Gullar. Seleção de Alfredo Bosi. São Paulo: Global, 2002.)




6 comentários:

POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

Falando de amor


Essencialmente falando
de amor
podemos usufruí-lo
em dois mundos:
Horizontal
e o Vertical.
Ambos essenciais
para a nossa felicidade...


Poeta Francis Perot
CANTORA DEYSE MARANE PRA VOCÊ...
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=0-nCaDHGwwA

ulisses sebrian disse...

Olá! Tudo Bem! Meu nome é Ulisses e visitei o seu Blog.
Gostei e estou seguindo. Adicionei ao meu se não se importa.
Também tenho 4 blogs e gostaria que você o visitasse.
E se possível entrar como seguidor. Obrigado
Os meus blogs são:
http://truquedevida.blogspot.com.br/
http://olhosdnoite.blogspot.com.br/
http://melquisarcarde.blogspot.com.br/
http://concientein.blogspot.com.br/

Flávia disse...

A gente flutua na musicalidade do poema. Impossível não sentir-se mais leve.

beijomeu, moça.

Thuan Carvalho disse...

SENSACIONAL.

como pode?
COMO PODE?

tem que ser muito bom mesmo pra escrever isso.
é um daqueles da série "versos que eu queria ter escrito".

sem mais.

Thuan Carvalho disse...

Imortal.
simplesmente imortal.

a necessidade imensa de não ser perdido, nem que seja no esquecimento.

Jeff Silva disse...

que incrível