sexta-feira, 30 de outubro de 2009

TESTAMENTO

O que não tenho e desejo
É que melhor me enriquece.
Tive uns dinheiros - perdi-os...
Tive amores - esqueci-os.
Mas no maior desespero
Rezei: ganhei essa prece.
Vi terras da minha terra.
Por outras terras andei.
Mas o que ficou marcado
No meu olhar fatigado,
Foram terras que inventei.
Gosto muito de crianças:
Não tive um filho de meu.
Um filho!... Não foi de jeito...
Mas trago dentro do peito
Meu filho que não nasceu.
Criou-me, desde eu menino
Para arquiteto meu pai.
Foi-se-me um dia a saúde...
Fiz-me arquiteto? Não pude!
Sou poeta menor, perdoai!
Não faço versos de guerra.
Não faço porque não sei.
Mas num torpedo-suicida
Darei de bom grado a vida
Na luta em que não lutei!


Manuel Bandeira

domingo, 25 de outubro de 2009

TRADUZIR-SE

Uma parte de mim
é todo mundo:
outra parte é ninguém:
fundo sem fundo.

Uma parte de mim
é multidão:
outra parte estranheza
e solidão.

Uma parte de mim
pesa, pondera:
outra parte
delira.

Uma parte de mim
almoça e janta:
outra parte
se espanta.

Uma parte de mim
é permanente:
outra parte
se sabe de repente.

Uma parte de mim
é só vertigem:
outra parte,
linguagem.

Traduzir uma parte
na outra parte
— que é uma questão
de vida ou morte —
será arte?

Ferreira Gullar

domingo, 18 de outubro de 2009

EU AMO TUDO O QUE FOI

"Eu amo tudo o que foi,
Tudo o que já não é,
A dor que já me não dói,
A antiga e errônea fé,
O ontem que a dor deixou,
O que deixou alegria
Só porque foi, e voou
E hoje é já outro dia. "


Fernando Pessoa

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

EU NÃO EXISTO SEM VOCÊ


Para quem mesmo distante se faz sempre presente.

Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro. (Leonardo da Vinci)





Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim

Que nada nesse mundo levará você de mim

Eu sei e você sabe que a distância não existe

Que todo grande amor

Só é bem grande se for triste

Por isso, meu amor

Não tenha medo de sofrer

Que todos os caminhos

Me encaminham pra você



Assim como o oceano

Só é belo com luar

Assim como a canção

Só tem razão se se cantar

Assim como uma nuvem

Só acontece se chover

Assim como o poeta

Só é grande se sofrer

Assim como viver

Sem ter amor não é viver

Não há você sem mim

Eu não existo sem você



Tom Jobim e Vinícius de Moraes

domingo, 4 de outubro de 2009

ENTREOLHARES

Se ficar assim me olhando,
me querendo, procurando,
não sei não, eu vou me apaixonar!
Eu não tava nem pensando
mas você foi me pegando
e agora não importa aonde vá:
me ganhou, vai ter que me levar!
Você me vê assim do jeito que eu sou
É, e faz de mim
o que bem quer
Eu que sei tão pouco de você!
E você que teima em me querer!
Se ficar assim me olhando,
me querendo, procurando,
não sei não, eu vou me apaixonar!
Eu não tava nem pensando
mas você foi me pegando
e agora não importa aonde vá:
me ganhou, vai ter que me levar!!
Com você é bom qualquer lugar!!
The way you're looking at me
You go with me, you want me
Can't help myself I gotta be in love
I wasn't even thinking
and now you got me sinking
I need you baby, I can't get enough
You got me
That's where I'll always be
I know you see me just the way I am
But just think of me
What you want me to be
I know you found the moment that we met
It's giving me a love I won't forget

video