sábado, 15 de agosto de 2009

LITERATURA, UMA PAIXÃO...

"O mundo parecia-me encantatório e agigantava-se quando narrado pelos seres que, intitulados escritores, invadiam as coisas inanimadas, a cama, a comida, grudavam-se às paredes dos casebres e dos palácios. Uma sucessão de narradores que, conquanto derrotados pela fadiga da escritura, pela batalha estética e pela própria morte, gradativamente iam sendo substituídos por outros com igual fervor e destino de narrar. Todos eles, porém, ao me fazerem crer na vida, trasmitiam-me a noção básica de que convinha exceder-se a fim de concretizar o enlace humano, o difícil e desejado casamento entre o real e o imaginário, o céu e a terra.
A vida não era o que eu via e deixava-se tocar, o que me ensinavam. Seu arcabouço, ainda que incompleto, ultrapassava o meu saber, ia além do previsto, do alcançável a olho nu, ao simples tato, ao enlevo da imaginação. Mas a esperança, que também provinha do desconhecimento, reabilitava o meu amanhecer."
Nélida Piñon. Coração Andarilho.
Você já se apaixonou pela literatura? O que é literatura para você?

Um comentário:

André Luiz disse...

Olá, Camila.
Gostei muito do seu último post. Trouxe-me uma ótima sensação de afetos, aliás, levou-me para um lado que há tempos venho fazendo o enorme esforço de trazê-lo próximo das pessoas que amo, pela via das palavras.
Adorei o seu blog, ele é tudo de bom ponto com ponto br...kkk...
Caso saiba de uma especialização em literatura, por favor, diga-me!
Abraços,
André